Auditoria do TCE revela que faltam computadores e bibliotecas em escolas estaduais

Postado em 30/08/2017.

RIO – Um dos instrumentos citados no parecer prévio que rejeitou as contas do estado de 2016, uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado aponta que a rede estadual do Rio descumpre as determinações, previstas em lei, do próprio Plano Estadual de Educação, sancionado em 2009, e não oferece aos alunos instalações essenciais para o aprendizado. De acordo com números da Secretaria de Educação reunidos pelo Tribunal, 25% das escolas não têm bibliotecas e 10% não têm laboratórios de informática. As quadras cobertas para a prática de esportes — outro equipamento obrigatório — não fazem parte da estrutura de 40% das escolas. Quase 20% sequer possuem quadra.

Lei matéria completa aqui.