Inscrições abertas até 29.01, para o Prêmio Laura Russo. Tema “Empreendedorismo Social: agente de transformação”

Postado em 15/01/2010.

IX Prêmio Laura Russo abre inscrições

As inscrições para o Prêmio Laura Russo, cujo tema é o “Empreendedorismo Social: agente de transformação”, estão abertas entre 21 de dezembro e 29 de janeiro de 2010. Criado em 1998 pelo Conselho Regional de Biblioteconomia do Estado de São Paulo, e em sua nona edição, o Prêmio presta homenagem à bibliotecária Laura Garcia Moreno Russo e tem como objetivo divulgar a profissão e promover o reconhecimento de profissionais, estudantes e instituições que desenvolveram ações significativas de incentivo à leitura, à pesquisa, à organização de bibliotecas e outros espaços culturais gerenciados por bibliotecários.

O Prêmio é dirigido a bibliotecários que tenham desenvolvido projetos sociais e atuem em instituições privadas ou públicas, ou em organizações do terceiro setor. Os estudantes e professores de Biblioteconomia também podem participar. Na categoria Trabalhos Acadêmicos, apresentados e/ou defendidos entre 2007 e 2009, serão premiados um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) no nível graduação, uma dissertação de Mestrado e uma tese de Doutorado.

A Comissão de Avaliação do CRB-8 analisará todos os trabalhos até 19 de fevereiro e os autores dos projetos selecionados serão informados até o final do mês. Os troféus e os certificados serão entregues durante as festividades do Dia do Bibliotecário, em 12 de março de 2010 no Memorial da América Latina. O Dia do Bibliotecário faz parte do calendário de eventos oficiais da cidade de São Paulo.

De acordo com J. Emerson Twersky, “o empreendedor social é um indivíduo com experiência na área social, desenvolvimento comunitário ou de negócios, que percebe uma visão de empoderamento econômico através da criação de empreendimentos sociais voltados para prover oportunidades àqueles que estão à margem ou fora da economia de um país”.

Quem foi Laura Russo

Laura Garcia Moreno Russo formou-se em Biblioteconomia pela Escola Livre de Sociologia e Política e em Direito pela Universidade de São Paulo. Como bibliotecária trabalhou na Santa Casa da Misericórdia de São Paulo, na Academia Paulista de Letras e foi diretora da Biblioteca Mário de Andrade. Foi a primeira presidente da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários (FEBAB 1961-1974) e do Conselho Federal de Biblioteconomia (1966-1968), editora do Boletim Informativo FEBAB (1961-1970) e da Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação (1973-1977). Realizou diversos estudos na França, Espanha e Argentina. Pelos seus trabalhos na biblioteconomia brasileira recebeu títulos honoríficos nos Estados Unidos e na Alemanha. Dentre os trabalhos que publicou destaca-se: A Biblioteconomia Brasileira: 1911/1962. Faleceu em 2001.

Fonte: CASTRO, César Augusto. História da biblioteconomia brasileira. Brasília: Thesaurus, 2000.

Sobre o Conselho Regional de Biblioteconomia do Estado de São Paulo

O Conselho Regional de Biblioteconomia 8ª Região tem por objetivos básicos fiscalizar o exercício da profissão de bibliotecário e contribuir para o aprimoramento da área e seus profissionais. A profissão de bibliotecário foi regulamentada em 30 de junho de 1962 com a publicação da Lei 4084.

O Conselho Regional de Biblioteconomia 8ª Região, que atua em todo o Estado de São Paulo, foi constituído em 16 de agosto de 1966, em uma reunião de bibliotecários, professores e representantes de escolas e de associações, no Auditório da Biblioteca Mário de Andrade.

Mais informações: www.crb8.org.br

Inscrições: crb8@crb8.org.br